Por Camila Magalhães e Deisi Damin

Adolescência ou aborrecência?

10

Nenhuma nem outra. A juventude é uma mudança no crescimento vertical e hormonal que pode gerar alterações de humores e hábitos conforme o dia-a-dia. Sabendo disso, os jovens acabam buscando pela sua independência e muitas vezes podem se perder no que diz respeito aos cuidados com eles mesmos. Os pais saem de cena quando diz respeito ao controle, pois optam por fazer ‘vista grossa’ para não serem invasivos e confrontarem diretamente.

É importante saber que durante este período há uma irregularidade com os horários de dormir, de dia dormem e de noite se mantém acordados, com a alimentação, tendem a consumir mais alimentos gordurosos, fast food, junk food, doces como balas e chicletes, alem de estarem expostos à experiência de piercings, de fumo e das drogas.

Mas o que muitos não sabem é que todos estes hábitos podem gerar sequelas à dentição permanente que ainda está se formando, o que aumenta os riscos de desenvolvimento da doença cárie, periodontal (gengivas) e alterações ortodônticas, alem de fraturas de dentes pelo uso de adornos bucais (piercing) ou o tão famoso hábito de roer unhas.

Por isso, é importante que este jovem seja assistido de perto por um dentista para evitar sequelas maiores para a fase adulta. E o que muita gente não sabe é que o Odontopediatra tem formação nestes cuidados através da Odontopediatria que nada mais é do que o cuidado com a saúde bucal do adolescente, ou como nós preferimos nos referir a ele: JOVEM!

Por aí já apareceu um jovem com hormônios a flor da pele?
Conte pra nós!

Beijos das tias Camila e Deisi

Comentários

comentários

Deixe uma resposta